Região Sudeste avança em copetitividade em relação ao turismo no Brasil.


Três municípios da região Sudeste estão na lista dos 18 destinos turísticos que mais se desenvolveram nos últimos dois anos no país.

Ilhabela (SP), Tiradentes (MG) e Vitória (ES) foram premiados pelo Ministério do Turismo pela evolução alcançada na 5ª edição do Índice de Competitividade do Turismo Nacional, indicador desenvolvido pelo MTur em parceria com o Sebrae e Fundação Getúlio Vargas (FGV).


Vitória ES

Vitória foi a capital brasileira que mais progrediu, em comparação com a pesquisa anterior (2011). Ela apresentou o melhor desempenho nas variáveis monitoramento, na qual saltou da nota 44,4 para 77, e aspectos sociais, de 49,7 para 66,1. Nos dois quesitos, a cidade superou as médias do Brasil e das demais capitais brasileiras.

Influenciaram no desempenho de Vitória a existência de pesquisas de demanda e de oferta turística, investimentos em educação acima do percentual obrigatório de 25%. A cidade também foi bem avaliada por consultar a população para desenvolvimentos de projetos para o turismo.

ILHA BELA SP

Ilhabela destacou-se entre as não capitais em duas variáveis do índice. Em atrativos turísticos avançou da nota 45,8 para 54,8, considerando itens como conservação ambiental do entorno dos principais pontos turísticos, presença de atrações culturais com significativo fluxo turístico e a adoção de quesitos de acessibilidade, entre outros.

Em aspectos ambientais, a nota do balneário paulista subiu de 59,7 para 76,3. O indicador foi influenciado de forma positiva por fatores como a existência de rede pública de distribuição de água e de coleta de esgoto; destinação pública de resíduos sólidos residenciais e comerciais, além da presença de Unidades de Conservação com atividade turística.
Tiradentes MG

A histórica Tiradentes aparece no Índice de Competitividade como o destino não capital de maior evolução em aspectos sociais. O município mineiro atingiu nota 60,5, um avanço de 17,9 pontos em relação à pesquisa de 2011. O resultado considerou aspectos de investimentos em educação acima do percentual obrigatório de 25%; adoção de políticas de prevenção à exploração sexual infanto-juvenil e sensibilização do turista para o respeito à comunidade local, à cultura, ao patrimônio e à preservação do Meio Ambiente.


Like it? Share with your friends!

701
10.1k shares, 701 points

What's Your Reaction?

Cry Cry
0
Cry
Cute Cute
0
Cute
Damn Damn
0
Damn
Dislike Dislike
0
Dislike
Like Like
0
Like
Lol Lol
0
Lol
Love Love
0
Love
Win Win
0
Win
WTF WTF
0
WTF

Região Sudeste avança em copetitividade em relação ao turismo no Brasil.

Entrar

Captcha!

Recuperar a senha

Back to
Entrar
Choose A Format
Gif
GIF format