Petista que desejou morte de colombiano pede desculpas em rede social

Imagem usada pela candidata do PT Luísa Helena Stern no Twitter

A lesão sofrida pela atacante Neymar que o tirou da Copa provocou reações diversas ao redor do mundo.

Entre as mensagens de solidariedade ao atacante e críticas ao colombiano Camilo Zuñiga, uma polêmica envolvendo a candidata do PT (Partido dos Trabalhadores) a deputada estadual do Rio Grande do Sul, Luísa Helena Stern, ganhou os holofotes neste fim de semana.

Militante dos Direitos Humanos, Luísa Stern escreveu em sua conta no Twitter, após a partida da última sexta-feira (4), que o colombiano não saísse vivo do Brasil e, caso isso ocorresse, que nunca mais jogasse futebol.

Em outra postagem, a advogada transexual desejou que o jogador tivesse “o mesmo fim do Escobar… com a diferença que o outro era inocente…”, fazendo referência ao goleiro daquele país que, após um gol contra na Copa de 1994, morreu durante uma discussão em seu país.

2rjxgqx48m_8sv4id2odx_file

Postagens da petista no Twitter

Clima de luto toma conta de concentração da seleção após lesão de Neymar

As postagens polêmicas provocaram uma enxurrada de críticas de usuários da rede social. No início, ela não mostrou arrependimento pelo que escreveu: “Se alguém entrou aqui para me agredir e me atacar, saiba que sou como massa de pão, quanto mais batem, mais eu cresço”.

Porém, com o aumento das críticas a candidata afrouxou o discurso, disse que foi “a raiva do momento que me levou a postar algo reprovável” e afirmou que o jogador colombiano deve ser punido apenas na esfera esportiva.

Oceans Mu
Ver Tv Com VC
Faa publicidade com a Pnico
Venha Ser nosso Parceiro


Envie esta postagem para um grupo no Facebook:


DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA MATÉRIA

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não da Rádio Pânico

Acesse o site do Comunidades.Net
Venha Ser nosso Parceiro
Venha Ser nosso Parceiro