Inter vence o Santos no Beira-Rio, interrompe sequência negativa e deixa o Z-4


Time de Celso Roth estava há 14 jogos sem vitória no Brasileirão

 

Foto: Nicolas Rodrígues / Agencia RP

Oitenta e cinco dias depois, o Inter voltou a vencer no Brasileirão. E deixou a zona de rebaixamento, pulando para a 15ª colocação, ainda que com a mesma pontuação do Figueirense, 27 pontos, o primeiro dos rebaixados. A virada por 2 a 1 sobre o Santos, no Beira-Rio, teve gols de Seijas e de Aylon. Com a expulsão de Lucas Lima, ao final do primeiro tempo, o Inter jogou toda a segunda etapa com um a mais. No domingo, a equipe de Celso Roth enfrentará o Atlético-PR, na Arena da Baixada.

Com apenas 14 segundos de jogo, o Inter perdeu Paulão. Ele e Ernando saltaram para impedir que a bola chegasse a Ricardo Oliveira. Paulão acertou a bola e Ernando, o queixo de Paulão, com uma cabeçada. O camisa 25 despencou no gramado, com um corte na boca e, tonto, precisou ser substituído por Eduardo.

Após o susto, o Inter manteve o seu plano de ação e partiu para cima do Santos. Marcando a saída de bola dos paulistas, a equipe de Celso Roth foi melhor durante boa parte do primeiro tempo. Seijas, Valdívia e Nico López levavam o time para a frente. Nico e Ernando tiveram duas boas chances de gols, mas, como ocorre desde 16 de junho, data da última vitória colorada no Brasileirão, faltou sorte — e também competência.

O Inter tinha o Santos sob controle até que, aos 27 minutos, Geferson entregou o gol para Ricardo Oliveira. O lateral-esquerdo que ascendeu à titularidade com Celso Roth, tinha a bola dominada e, ao ser minimamente pressionado na entrada da área, se virou para o centro e chutou a bola de qualquer jeito, para se livrar daquele estranho objeto. Só que, no meio do caminho, havia o melhor camisa 9 do Brasileirão: Ricardo Oliveira. O atacante teve tempo de dominar a bola ajeitar o corpo e bater da entrada da área, sem chances para Danilo Fernandes.

Perdendo uma vez mais, o Inter tentou reagir. Geferson passou a ser apupado pela torcida a cada vez que recebia a bola. Anselmo bateu firme, acertou o gol, mas Vanderlei fez boa defesa. Aos 42, Geferson encontrou Seijas na entrada da área. O venezuelano bateu, a bola desviou em Gustavo Henrique e enganou o goleiro Vanderlei: 1 a 1.

O primeiro tempo, que começou com um lance de MMA de Ernando em Paulão, terminou com a surpreendente expulsão do camisa 10 do Santos. Lucas Lima havia recebido cartão amarelo por retardar uma cobrança de falta. Aos 44 minutos, ao fazer cera em uma cobrança de escanteio, recebeu o vermelho. Revolta geral no banco santista e, no intervalo, todos os jogadores do Santos cercaram o árbitro.

No segundo tempo, o Inter demorou a se valer da vantagem de ter 11 em campo contra 10 e não conseguia pressionar o adversário. Aos 15 minutos, porém, Nico cruzou para William, que perdeu o gol de dentro da pequena área, chutando em cima de Vanderlei. Na cobrança de escanteio, Valdívia cabeceou e Vanderlei espalmou para cima. A bola subiu, subiu e subiu em linha reta. E, como tudo o que sobe tem que descer, ela caiu também em linha reta, diretamente no peito de Aylon, que ainda foi empurrado para dentro do gol, ao marcar a virada do Inter 85 dias depois da vitória sobre o Atlético-MG.

Com o 2 a 1 a favor, o torcedor colorado voltou a fazer festa no Beira-Rio e gritou o tempo todo, como se pudesse impedir os avanços do Santos. Temendo o gol de empate nos minutos finais, como vinha ocorrendo há algum tempo, o Inter ainda tentou pressionar em busca do terceiro gol, mas sem sucesso. O 2 a 1 foi suficiente para acabar com a má fase e, 85 dias depois, enfim, voltar a vencer no Brasileirão e ganhar confiança após deixar o Z-4.

De: Nicolas Rodrígues

WhatsApp: +55 54 9627 2333

What's Your Reaction?

Cry Cry
0
Cry
Cute Cute
0
Cute
Damn Damn
0
Damn
Dislike Dislike
0
Dislike
Like Like
0
Like
Lol Lol
0
Lol
Love Love
0
Love
Win Win
0
Win
WTF WTF
0
WTF

Inter vence o Santos no Beira-Rio, interrompe sequência negativa e deixa o Z-4

Entrar

Captcha!

Recuperar a senha

Back to
Entrar
Choose A Format
Gif
GIF format