Canal no YouTube avacalha a cultura pop com redublagens em “cearensês”

No Kuma Cômico, canal criado em 2014, cenas de filmes ganham versão cearense com redublagens cômicas e piadas sem papas na língua.

Basta assistir a alguns segundos de um dos vídeos do Kuma Cômico para saber que foram feitos no Ceará. No canal do YouTube, cenas de filmes viram paródias com redublagens carregadas de humor e piadas sem papas na língua que só poderiam ter saído da mente de um cearense.

Canal no YouTube avacalha a cultura pop com redublagens em cearensês

As redublagens “psicodelicamente baitolizadas”, como eles próprios descrevem, são pensadas, gravadas e editadas na casa de Glovyson Pabollo, o criador do canal, com a ajuda do amigo Thomas Halyson e da namorada Gleiciane Soares.

A trupe surgiu em 2014 a partir do personagem Guarú Kuma, criado por Pabollo em um canal de redublagens anterior. Kuma significa urso em japonês e o personagem que sempre aparecia ao final dos vídeos virou mascote também do novo canal.

Mesmo com poucos vídeos publicados no ano da criação, o canal conseguiu mais de 20 mil inscritos. No auge das produções, no segundo semestre de 2015, os números chegavam a 80 mil. Em setembro, porém, o canal foi banido. Mas, depois de recriado, voltou a desenvolver conteúdo, sempre com um único objetivo, o de divertir. “São meio babacas? São. Mas ainda é dublagem, ainda que de uma forma escrota, é divertido sendo o meu hobby favorito”, comenta Pabollo sobre os vídeos.

A maioria dos vídeos se referem aos filmes preferidos da equipe. Mas, por estratégia, também são escolhidas cenas de títulos que possuem um grande público. No momento, a aposta da equipe são as paródias de Vingadores ou, como chamam, os “Vingadores Retardados”. “Gravamos em uma hora. Quando vi aquilo pronto achei uma bobagem sem limites e com medo das críticas nomeei como ‘Vingadores Retardados’, para que a galera que assistisse ao vídeo soubesse de antemão que o vídeo estava bem retardado. Mas então veio a surpresa: a galera gostou muito”. A série já está no terceiro episódio.

Por trás das dublagens

Além do Kuma Cômico há o Kuma Daily, um canal que mostra em vlogs os bastidores das redublagens. Enquanto Pabollo é o responsável pelo conteúdo do primeiro, Thomas é o idealizador e a cabeça por trás do segundo. A ideia é criar uma aproximação maior com o público, que antes os conheciam apenas pelas vozes dos vídeos.

“Algumas pessoas gostam de ver os bastidores e acabam percebendo que pra fazer redublagens não precisa de um equipamento de primeira nem nada profissional. Temos um microfone semi-profissional um computador e só. Essa realidade mostrada pra eles deixa as coisas ainda mais próximas entre a gente e o nosso público”.

Siga o Kuma Cômico no Youtube.

Oceans Mu
Ver Tv Com VC
Faa publicidade com a Pnico
Venha Ser nosso Parceiro


Envie esta postagem para um grupo no Facebook:


DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA MATÉRIA

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não da Rádio Pânico

Acesse o site do Comunidades.Net
Venha Ser nosso Parceiro
Venha Ser nosso Parceiro