Brasileiros em Miami pedem ‘Brasil de volta’ em protesto contra governo


Cerca de 300 brasileiros, entre turistas e imigrantes, reuniram-se neste domingo (15) em frente ao Bayfront Park, em Miami, capital da Flórida, em protesto contra o governo e a corrupção, em apoio às manifestações que acontecem simultaneamente em diversas cidades do país.

Vestidos de verde e amarelo e munidos de bandeiras e cartazes, os manifestantes gritavam as expressões “Freedom from PT” (“Liberdade do PT”, em tradução livre), “Quero meu Brasil de volta” e I’m a victim of Brazilian corruption” (“Sou uma vítima da corrupção brasileira”).

Sem a presença de policiais, a manifestação era pacífica e contava com a participação de crianças acompanhadas dos pais. Os manifestantes também gritavam “Fora PT e leva a Dilma com Você”.

Por volta das 14h, os brasileiros no protesto começaram a contar suas histórias no auto-falante e os motivos que os fizeram vir morar em Miami. A todo momento, os organizadores pediam que os presentes publicassem fotos e vídeos nas redes sociais.

Bruno (centro), organizador do protesto contra o governo em Miami, neste domingo (15) (Foto: Carolina Camargo/G1)

Bruno Contipelli, organizador da mobilização, disse que os integrantes da comunidade Brasileiros na Flórida no Facebook, administrada por ele, pediram que ele liderasse o protesto.

“Eu pedi autorização da polícia de Miami para podermos estar aqui. Somos brasileiros e acho importante participar. Até porque tem muita gente que paga imposto no Brasil e nos Estados Unidos. Além disso, todo mundo tem família e amigos no Brasil. Tem gente aqui pedindo a volta dos militares, tem gente pedindo Impechment. Eu não concordo. Eu luto pelo fim da corrupção e da impunidade”.

Em um espaço, o brasileiro de 51 anos montou uma mesa com tintas e bandeiras e estava pintando o rosto de crianças e adultos. “Não estou cobrando nada por isso. Quem quiser, pode contribuir com alguma doação. Acho que já pintei mais de 100 rostos”, declarou.

Às 15h, Contipelli leu um texto explicando quem eram os protestantes e o que queriam. “Nós somos brasileiros residentes em vários países da Europa e da América. Estamos nos organizando em apoio aos manifestas que no Brasil estão lutando por seus direitos. Somos brasileiros que vivem fora do Brasil, mas que continuam acreditando que o nosso país pode ser um lugar mais justo, mais seguro e mais humano”.

A faxineira Luciana Gratz, de 53 anos era oficial de justiça no Brasil e mudou para Miami em busca de segurança. Nos Estados Unidos, passou a trabalhar de empregada doméstica. “Eu tinha uma pessoa que me ajudava limpando e cozinhando e uma babá para o meu filho”, conta.

Luciana Gratz conta que a primeira vez que lavou um banheiro em Miami, chorou. “Mas hoje dou graças a Deus. Não tenho vergonha nenhuma. Todo mundo que está aqui, bem no fundo, tem o sonho de voltar para o Brasil. Eu só volto se o Brasil mudar muito. A reforma política é urgente. Temos de tirar o PT do comando”.

Débora Rosenn, de 39 anos, conduz manifestação contra o governo em Miami (Foto: Carolina Camargo/G1)Débora Rosenn, de 39 anos, conduz manifestação contra o governo em Miami (Foto: Carolina Camargo/G1)

 

Com o auto-falante nas mãos e liderando gritos de ordem, Débora Rosenn, de 39 anos, conta que ajudou a organizar os prostestos anteriores. “A razão principal de eu estar aqui é protestar contra a corrupção. Quero mostrar minha indignação. Nós, que moramos em Miami, sofremos duplamente. Primeiro, porque pensamos na família e nos amigos que estão no Brasil. Segundo, porque estamos em um país que nos dá condições de viver dignamente e vemos que isso não acontece no Brasil”.

Também neste domingo, brasileiros concentraram-se nas cidades de Londres, Nova York, Sidney e Lisboa para expressar o descontantamento com o governo da presidente Dilma Rousseff.

Manifestantes reúnem-se em Miami em protesto contra o governo, neste domingo (15) (Foto: Carolina Camargo/G1)Manifestantes reúnem-se em Miami em protesto contra o governo, neste domingo (15) (Foto: Carolina Camargo/G1)

 

Manifestantes concentram-se em Miami em protesto contra o governo, neste domingo (15) (Foto: Carolina Camargo/G1)Manifestantes concentram-se em Miami em protesto contra o governo, neste domingo (15) (Foto: Carolina Camargo/G1)

 

 

Cartazes em protesto contra o governo durante manifestação de brasileiros em Miami, neste domingo (15) (Foto: Carolina Camargo/G1)Cartazes em protesto contra o governo durante manifestação de brasileiros em Miami, neste domingo (15) (Foto: Carolina Camargo/G1)

 

Manifestantes reúnem-se em Miami em protesto contra o governo, neste domingo (15) (Foto: Carolina Camargo/G1)Manifestantes reúnem-se em Miami em protesto contra o governo, neste domingo (15) (Foto: Carolina Camargo/G1)
Credito:G1

What's Your Reaction?

Cry Cry
0
Cry
Cute Cute
0
Cute
Damn Damn
0
Damn
Dislike Dislike
0
Dislike
Like Like
0
Like
Lol Lol
0
Lol
Love Love
0
Love
Win Win
0
Win
WTF WTF
0
WTF

Brasileiros em Miami pedem ‘Brasil de volta’ em protesto contra governo

Entrar

Captcha!

Recuperar a senha

Back to
Entrar
Choose A Format
Gif
GIF format